Reforço Escolar x Ginástica para o cérebro : entenda a diferença – e como seu filho pode chegar mais longe

Porque as crianças precisam hoje do reforço escolar para poder chegar mais longe e melhorar o aprendizado? Depois de um ano longe da escola, é necessário superar as perdas de desempenho trazidas pela pandemia.

Mais do que aulas particulares focadas em matérias específicas, é preciso retomar o planejamento de vida dessa geração a médio e longo prazo.

A estimulação cognitiva desde a infância é a chave para construir uma geração mais focada em resolver problemas, com mais motivação, resiliência e desenvolvimento de suas capacidades emocionais e pessoais.

Como será o pós pandemia?

A pandemia acelerou tendências e mudanças que estavam previstas para os próximos anos, como o maior uso do ensino remoto, por exemplo.

Com um mundo mais acelerado e efêmero, ou seja, em constante mudança, as próximas gerações terão como um dos principais desafios acompanhar essas mudanças, o que exigirá bem mais do que apenas o conhecimento trazido pelo ensino regular.

“Nossas crianças precisam aprender a lidar com um mundo que muda muito rápido e por isso é tão importante trabalhar o estímulo cognitivo. Não para que elas vivam em um constante ciclo de exigências, mas, sim, para que tendo um cérebro ativo e preparado, consigam lidar com essas novas realidades da forma mais serena possível e se desenvolvendo de forma plena e feliz”, explicou Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica do SUPERA.

Necessidades do futuro

Especialistas em recrutamento e tendências já elencam como uma das características mais valorizadas daqui para frente a criatividade e capacidade de resolver problemas. Em um mundo tão complexo, quem não gostaria de ter uma mente mais criativa para lidar com os problemas da vida?

Uma mente mais atenta e ágil apresenta melhor capacidade de processar informações. “A estimulação cognitiva correta melhora o desempenho, desenvolvendo concentração, raciocínio lógico, criatividade e perseverança. Há também grandes benefícios comportamentais como o desenvolvimento da segurança e autoestima o que vai ser fundamental para os estudantes nos próximos anos”, alertou a especialista.

É preciso ensinar a pensar

Apresentar novos caminhos para o conhecimento e melhorar o processo de aprendizagem são propostas do Método SUPERA – rede pioneira em ginástica para o cérebro e estimulação cognitiva no Brasil. Por meio de exercícios que envolvem novidade, variedade e grau de desafio crescente, o SUPERA oferece a milhares de alunos no Brasil a possibilidade de ampliar o desenvolvimento do cérebro, possibilitando maior capacidade de raciocínio, performance, melhora no desempenho escolar, memória e desenvolvimento pessoal.

Reforço escolar e estimulação cognitiva qual a diferença?

Há quinze anos o método SUPERA ensina crianças de todo o Brasil a desenvolverem suas habilidades cognitivas e emocionais, melhorando os níveis de concentração, raciocínio e memória.

Diferentemente do reforço escolar – que oferece a criança apenas aulas específicas de disciplinas que já fazem parte do ensino regular, a estimulação cognitiva permite que o aluno trabalhe seu cérebro de forma integral e amplie suas capacidades e desempenho em todas as disciplinas escolares, melhorando seu desempenho também na vida.

“Quando estimulamos nosso cérebro da maneira correta fortalecemos a capacidade de memorizar e aprender coisas novas, o que, consequentemente influencia nossa vida pessoal e profissional. A estimulação cognitiva é a resposta para milhões de crianças neste momento, que precisam despertar o seu cérebro e a vontade de estudar e aprender”, concluiu.

DESPERTE SEU CÉREBRO, SEJA SUPERA!

Agende uma aula exclusiva gratuita!

Acompanhe nossas redes sociais: Instagram | Facebook  |Linkedin  | Twitter  | YouTube

Quer receber Dicas e Desafios pelo Whatsapp é gratuito. Acesse https://bit.ly/36Ii61R

Publicado em 16.06.2021-Fonte Assessoria Supera Por: VmCom